Please reload

Posts Recentes

Beco do Batman, uma galeria de arte a céu aberto em São Paulo!

27 Jul 2017

Na semana passada fomos turistar por São Paulo, e prometi a muitas pessoas que pediram um roteiro completo, como o que fizemos, mas antes de colocar o Roteiro completo no blog, percebi que tinha tanto para falar de um cantinho especial da Vila Madalena que o post acabaria ficando gigante se colocasse nele tudo o que queria rsrs

Foi então que resolvi começar a contar aqui sobre nossa primeira parada do roteiro pela capital paulista!

Começamos nosso roteiro pelo Beco do Batman, optamos por ir lá pela manhã pois no período da tarde costuma ter mais movimento e não queríamos intrusos em nossas fotos rsrs. Como fomos cedo, as ruas estavam bem tranquilas e vazias, não sei como seria em outro horário, mas estacionamos o carro com facilidade na Travessa Alonso. Para quem vai de metrô a estação mais próxima ao beco não é a Vila Madalena, mas sim a Sumaré (Linha 2), que fica a uns 20 minutos caminhando do Beco.

 

Para quem não sabe, o Beco do Batman são vielas que ficam na Vila madalena. É um local que reúne muitas obras de arte em grafites nos muros das ruas, uma verdadeira galeria de arte a céu aberto!

 

 

Essas artes são substituídas aleatoriamente após um período de tempo, então os grafites que eu vi podem ser diferentes dos que você verá ou viu! Além disso, apesar de não ter nada regulamentando, se um grafiteiro quer fazer sua arte sobre a arte de outro grafiteiro, é necessário pedir autorização para que isso seja feito... e tem funcionado muito bem!

Para chegar no Beco, você poderá entrar pela Rua Gonçalo Afonso, pela Rua Medeiros de Albuquerque ou ainda pela Rua Harmonia.

 

Fomos pelo Waze e ele nos "deixou" na Rua Gonçalo Afonso, logo nos deparamos com essas artes:

 

 

Lá encontramos artes de grafiteiros do mundo todo, muitos bem conhecidos, e como já disse, as obras mudam a todo tempo e os autores delas, também! Além disso, muitas artes são feitas em conjunto por vários artistas, como essa abaixo que foi feita por Highgraff + Ninguém Dorme + Milo Tchais + Boleta:

O Beco, que no passado era um local sujo, com paredes cinzas, foi ganhando cada vez mais cores e atraindo mais turistas do mundo todo, no momento que estávamos lá tinha uma família da China fotografando, outros da Espanha, é legal ver como um cantinho tão "escondido" tornou-se queridinho para registros de viagem!

 

Um detalhe, sabe essa arte com a famosa boca dos Rolling Stones? Quem grafitou foi o próprio Ron Wood, guitarrista dos Rolling Stones, em 2016 quando veio para se apresentar no Brasil.

 

Ah, e uma curiosidade: O nome no Beco é devido a uma arte, talvez a primeira do local, a qual representava o Batman, mas eu sinceramente nunca vi uma foto da tal arte e hoje só o que vemos do Batman por lá é esse desenho no vidro de um edifício ao redor, que você pode ver na foto abaixo rsrsrs 

Todas essas artes inspiraram moradores e empresas do local a liberarem seus muros para o grafite, assim, as obras vão além do beco em si, podemos ver arte nas ruas aos redores, com uma breve caminhada você consegue ver outros grafites famosos e lindíssimos! Como esses abaixo, que ficam na Rua Harmonia,150, rua que reúne também muitas outras obras lindas!

E esse no estacionamento ao lado, também na Rua Harmonia:

E essa que ficam na Travessa Alonso:

Amei tanto o passeio, tirei taaaantas fotos que não daria para colocar todas rsrsrs

 

 

Próximo ao beco fica também a Escadaria do Patápio, como referência, fica bem ao lado do Mercado Hirota, a escada com seus 94 degraus foi decorada com azulejos personalizados, com belas artes e poesias e ainda com jardins suspensos nas laterais feitos com o reaproveitamento de muitos itens, dando incentivo a sustentabilidade, é uma área de foi revitalizada, ganhando cor, arte e flores... Foi um projeto bem lindo que resultou num lugar mais lindo ainda, com mensagens inspiradoras ainda por cima!

 

Coladinho a Escadaria vemos (ou não) a obra do artista Kobra, um obra lindíssima e bem colorida, ano portão do Armazém da Vila Madalena, disse "vemos ou não", pois só é possível ver a obra quando os portões estão fechados, infelizmente chegamos tarde e o Armazém já estava em funcionamento, só o que vimos foi a parte superior! Mas ao lado coloquei uma foto dele fechado para vocês verem como é linda!

Eu adoro esse tipo de arte, fiquei um pouco triste ao ver que mesmo num lugar com essa arte sendo tão respeitada, ainda vemos vandalismo em alguns locais, com pichação sobre as artes... Foi aí que percebi como é fácil diferenciar arte de pichação!!!
Nossa visita foi no período da manhã e havia separado alguns locais para tomarmos café, mas a fome bateu na estrada e acabamos nem conhecendo, mas para quem vai visitar pelo período da manhã, segue as dicas de locais para se deliciar. E apesar de não termos ido, pesquisei com muito carinho os locais mais indicados, e aí estão:

- Le Pain Quotidien (Rua Wisard, 138)
- Villa Grano (Rua Wisard, 500)
-Santa Etienne (Rua Harmonia, 699)

Para quem vai no final da tarde, a Vila Madalena é bem conhecida por ser um bairro boêmio da capital, assim é fácil achar um de seus barzinhos também... Achei duas matérias que falam sobre os melhores bares da região e fala um pouquinho sobre o estilo de cada um, vou compartilhar aqui com vocês.
- OS 10 melhores bares da Vila Madalena

- Os 21 melhores e mais badalados bares da Vila Madalena
 

 

Como sempre, para esclarecer dúvidas, se tiver dicas e sugestões ou até mesmo correções, deixe seu comentário! Aliás, se gostou do post, deixe seu comentário...Ficaremos muito felizes!!!

Please reload

Please reload

Posts Relacionados